Provem que estou errado, por favor

Sim, quero ser confrontado. Quero que me mostrem onde estou errando. Quero que apontem meus erros. Quero que não escondam nada, que digam tudo. Por mais que eu me sinta mal em descobrir que estou errado, é melhor saber que estou errado diretamente do que indiretamente.

Por observação e vivência, entendi que o ser humano é um bicho inconformado. Entendi que nunca estamos satisfeitos, sempre queremos mais. Temos sempre que ter um objetivo, um algo a mais a ser alcançado. E invariavelmente damos mais valor ao que queremos do que esse objeto almejado realmente vale.

Exemplo : é comum passarmos meses ou anos economizando para comprarmos algo que desejamos e, quando finalmente conseguimos adquirir o objeto desejado, rapidamente nos esquecemos de sua existência. Mal o utilizamos. Pouco tempo depois partimos para perseguir nosso mais novo objeto de desejo.

É interessante como deveríamos ter aprendido com o erro anterior mas na verdade nos deixamos levar por qualquer outro incentivo externo imaginável (propagandas safadas que me convencem que preciso do que eu realmente não preciso) e caímos novamente na mesma armadilha.

E isso acontece com tudo : roupas, gadgets, o que você imaginar. Psicólogos devem explicar isso indicando que é natural de nossa espécie ter um objetivo a perseguir, algo pelo que lutar. Realmente deve ser muito chato ser rico, poder ter tudo, não precisar se preocupar em querer algo e ter que dar duro para conseguí-lo. Nossos pais já diziam que só se dá valor aquilo que trabalhamos muito para conseguir.

Eu, frequentemente, ralo para conseguir algo, mas dificilmente dou a atenção merecida ao objeto de desejo conseguido quando consigo adquirí-lo. O mais interessante não é chegar na linha de chegada. Participar da corrida é toda a graça do negócio. A linha de chegada demarca o fim da diversão. É, na verdade, quando tudo acaba, e isso não tem nada de divertido.

Estamos constantemente objetivando ganhar a corrida por acharmos que a medalha é o que desejamos, mas na verdade o que desejamos é nos divertir no caminho para chegar ao final da corrida. Sinceramente, se vamos ou não ganhar a medalha não é muito importante. É uma pena que não consigamos dizer isso a nós mesmos.

Gosto de jogos. Recentemente, adquiri um PS3. Na minha cabeça, comprar um PS3 fazia todo sentido. Ao invés de investir em um novo PC para jogos, comprar um console era a resposta certa. Pense bem : consoles foram máquinas feitas especificamente para se jogar.

Todos sabemos que uma máquina especializada é melhor em algo do que uma máquina que tem diversas funções e a função que o interessa é apenas mais uma função. Consoles são caros, mas certamente são mais baratos do que um bom PC montado com hardware específico para jogadores.

Jogos de PC tendem a se mais baratos, mas isso leva ao problema de comprarmos vários e no final das contas não aproveitarmos de verdade nenhum deles. Muitas opções levam a não escolhermos nenhuma delas, isso é conhecimento básico universal.

Jogos de console são mais caros, o que o leva a comprar menos jogos, o que o leva a aproveitar melhor os poucos jogos que possui. Simples assim, lógica direta e inquestionável. Ao menos é o que eu, jogador de PC que não tinha acesso a um console da geração atual, pensava.

A prática vive provando que as teorias sempre são furadas. Comprei o console com essa idéia em mente. Agora estou me torturando porque vejo diariamente promoções de bons jogos na Steam e similares por valores inferiores a R$ 10,00 e percebo que os mesmos jogos para PS3 custam acima de R$ 100,00 cada.

Mesmo comprando as versões DLC desses jogos, geralmente mais baratas, ainda sim são versões muito mais caras do que as versões dos mesmos jogos para PC. E discos de consoles são limitados. Meu PS3 tem 320GB. Um bom jogo possui mais de uma dezena de GB.

Faça as contas e perceberá que não vai conseguir armazenar tantos jogos em um disco de console. Obviamente o mesmo problema existe no PC, mas convenhamos : é muito mais simples comprar um disco externo ou mesmo trocar o disco principal de um PC do que fazer a mesma operação em um console.

E se uma das idéias de ter um console era somente se dedicar a diversão de jogar sem se preocupar com os frequentes upgrades de hardware de PCs, eu estaria falhando miseravelmente trocando discos de consoles. O trabalho seria o mesmo ou até mesmo superior.

Resumo : eu errei. Mas só se aprende errando, certo ? Por mais que alguém lhe diga que isso ou aquilo está certo ou errado você somente poderá ter sua própria opinião fazendo e não acreditando na opinião alheia como a verdade absoluta. Certo ?

Ou isso é somente meu cérebro tentando justificar o erro ? Somos ou não somos amantes do erro ? Vivemos para errar e nos desculpamos sempre com a mentira de que o erro nos leva a aprender ?

Anúncios

2 comentários sobre “Provem que estou errado, por favor

  1. Parece que o lema de ‘faça uma coisa só, mas faça bem’ funciona muito mais para software que para hardware, especialmente quando a versatilidade não prejudica a eficiência em nada.

    Não há nada aí que pareça errado. Sintoma de que consoles são contrários ao espírito linuxer é o fato de terem conseguido enfiar o linux até neles, hah.

    Venda o PS3, eu sugiro ; ).

    BTW, achei seu blog procurando por sites q usassem o ikiwiki e que estivessem em português, para ver como ajustar o idioma. Não achei bem o que queria, mas parece que a interface do blog está em português, ainda que alguns posts estejam em inglês, hm? Deve ser bem chato para os anglófonos… mas ajustar a interface para o idioma do browser, se estiver definido, também não parece trivial.

    • Já não uso ikiwiki há um bom tempo, desde quando deixei de manter meu próprio servidor e passei a usar a versão “gratuita” do WordPress.

      Sobre o PS3 : vou mantê-lo para poder jogar com visitantes ou quando realmente não estiver com paciência de fazer toda a dança do liga-computador/aguenta-Windows/roda-Steam/carrega-jogo/etc.

      Estou tentando arrumar uma forma de melhorar o PC para jogar. Talvez, quem saiba, nos próximos meses consiga isso 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s