Debian Maintainers : sua chance de contribuir sem precisar passar por burocracia

Abaixo estou reproduzindo a mensagem que acabou de ser enviada para a lista de discussão debian-devel-annouce@lists.debian.org sobre a abertura, ainda em caráter beta, do programa de Mantenedores Debian.

Trata-se de uma ótima oportunidade para quem tem vontade de contribuir mas não deseja se ligar oficialmente ao projeto passando por todo o processo para se tornar um desenvolvedor Debian. Espero que gostem :

No início de Agosto, o projeto Debian votou o endorsamento do conceito de “Mantenedores Debian”, o qual permitiria a contribuidores que, apesar de não serem desenvolvedores Debian completos, tivessem o direito de manter seus próprios pacotes no repositório de pacotes Debian sem que fosse necessário um padrinho para cada upload[0].

Desde então, um sistema para manter um chaveiro separado para mantenedores Debian foi implementado[1], junto com mudanças no software que controla os repositórios para suportar uploads restritos assinados por essas chaves[2]. Agradecimentos em particular a Cameron Dale, Miriam Ruiz e Fathi Boudra por servirem de cobaia durante a implementação inicial e durante os testes. 🙂

Agora estamos prontos para aceitar um número de candidatos limitado e, devido a isso, estamos entrando em uma fase beta. Isso significa que achamos que temos tudo pronto e funcionando a contento, mas que provavelmente esquecemos algumas coisas e, até que saibamos quais são essas coisas e as corrijamos, nós iremos confiar nos Mantenedores Debian (DM) para nos ajudar a nos certificar que o sistema esteja sendo executado da forma mais suave possível, conforme ele foi planejado.

Caso você seja um não Desenvolvedor Debian que já mantenha softwares dentro do Debian através de um padrinho e tenha um bom conhecimento sobre como trabalhar no Debian, uma chave GPG assinada por alguns Desenvolvedores Debian (DD) e um registro de de bom trabalho comprovado, então você é o tipo de candidato que estamos procurando para nos auxiliar a finalizar os testes. Caso aceito, você será capaz de fazer upload de seus próprios pacotes diretamente sem incomodar seu padrinho.

Para se candidatar, fale com seu padrinho, com seu gerente de aplicação (AM) ou com qualquer outro DD que você conheça e com o qual você trabalhe para verificar se você está pronto para dar esse passo – você precisará que os mesmos escrevam uma mensagem para a lista de discussão debian-newmaint sobre o que você já fez que possa fazê-los pensar que você é um bom mantenedor.

Caso você seja um DD que conhece um não-DD o qual você ache que faria bom uso dos privilégios extras dados a um DM, você talvez queira conversar com ele/ela e encorajá-lo/encorajá-la a se candidatar.

Candidaturas são feitas cadastrando-se um bug no pacote Debian de nome debian-maintainers – por favor, consulte o arquivo README desse pacote para maiores instruções sobre qual informação é necessária e como coletá-la.

Note que, uma vez que você seja aceito como um DM, você ainda só poderá fazer uploads de pacotes que já estejam presentes na suíte unstable dos repositórios Debian com seu nome e endereço de e-mail nos campos Maintainer: ou Uploaders: e que possuam a campo “Dm-Upload-Allowed: yes” definido. Isso significa que você precisará que seu padrinho faça ao menos um upload com a campo Dm-Upload-Allowed definido.

Caso você tenha dúvidas, comentários ou sugestões você pode entrar em contato com a equipe DM no endereço d-m-team@lists.alioth.debian.org (em inglês somente).

Assinado,
Equipe do chaveiro DM,
Joey Hess
Anibal Monsalve Salazar
Anthony Towns

[0] http://www.debian.org/vote/2007/vote_003

Existem deliberadamente uma porção de diferenças entre a proposta
e o que está implementado no momento. As diferenças são :

– A adição de Anibal a equipe do chaveiro (aprovado pelo DPL)

– o chaveiro é mantido usando git ao invés de SVN, em
git://git.debian.org/git/d-m/debian-maintainers.git

– o campo Changed-By: do arquivo .changes é consultado em adição
ao campo Maintainer: para determinar se um upload é patrocinado

– o campo Dm-Upload-Allowed e os campos Maintainer/Uploaders
da última versão do pacote incluído na suíte alvo são usados para
restringir uploads de DM ao invés da última versão enviada via upload
para a suíte unstable (isto principalmente tem efeito para uploads para
proposed-updates e nos casos de mais de um upload entre pulsos)

[1] Consulte o pacote debian-maintainers na unstable
[2] http://lists.debian.org/debian-dak/2007/10/msg00009.html

É isso aí. Para quem estiver interessado, mãos na massa !

Anúncios

7 comentários sobre “Debian Maintainers : sua chance de contribuir sem precisar passar por burocracia

  1. Pingback: André Luís via Rec6 ~
  2. Não sou desenvolvedor nem contribuo com o Debian, mas deixa eu ver se entendi, eu desenvolvo um programa qualquer e gostaria que ele estivesse presente no repositório Debian, se eu já tiver um bom histórico vou poder enviar as atualizações do meu programa sem necessidade de aprovação pelo padrinho?

    Não sei se entendi corretamente, mas achei uma ótima implementação.

  3. Olá Murilo,

    É mais ou menos isso. O fato é que, a partir de agora, você não necessariamente precisa se tornar um DD (Desenvolvedor Debian) para poder fazer uploads de pacotes para o repositório oficial de pacotes Debian.

    Ser um DD implica em outros poderes além de simplesmente poder fazer uploads de pacotes. Por exemplo, você tem acesso as máquinas oficiais do projeto Debian (de diversas arquiteturas de hardware diferentes), tem poder de votação nos processos de votação oficiais do projeto (inclusive para escolha do líder de projeto) e diversos outros poderes menores.

    O problema é que muitos querem simplesmente poder colocar seu software (ou software de terceiros que utilizem) nos repositórios Debian oficiais, mas não querem se envolver com o projeto no mesmo nível que um DD se envolve.

    Para essas pessoas que o conceito de DM foi criado. A idéia é manter o conceito de DD para as pessoas que tem interessante em se involver mais a fundo no projeto e deixar o DM como opção para aquelas que não possuem esse interesse.

    É menos complexo e menos burocrático se tornar um DM exatamente porque você não tem acesso (e nem precisaria, de outra forma você poderia se tornar um DD) a recursos mais privados do projeto que nem sempre interessam a muitos que só querem se preocupar com empacotamento propriamente dito.

    Caso tenha maiores dúvidas, comentários ou sugestões sobre o assunto, entre em contato com a lista de discussão d-m-team@lists.alioth.debian.org, onde o assunto é discutido (em inglês).

    Obrigado pelo comentário.

  4. Pessoas como eu estão muito felizes com essa notícia. Porém uma coisa que preocupa ao mesmo o tempo é que a qualidade dos pacotes possam diminuir sensivelmente por que não tem um padrinho (sponsor) olhando diretamente. Isso fará que o time de QA tenha mais trabalho mas ao mesmo tempo permitira um melhor dinâmica para novos pacotes. =)

  5. Olá fike,

    Realmente isso chega a ser preocupante devido a não existir mais um padrinho conferindo seu trabalho antes do mesmo ser enviado aos repositórios.

    Porém, conforme foi informado no anúncio oficial, acredito que só serão aceitos como DM pessoas que que já tenham pacotes dentro do Debian através de padrinhos e que já saibam trabalhar dentro do Debian.

    De qualquer forma, para ser aceito como DM você terá que ser recomendado por seu padrinho, seu AM ou um DD conhecido. E, logicamente, ninguém deveria escrever uma recomendação para quem realmente não considera que seja capaz.

    O fato é que o DM tenta eliminar um ponto que causa morosidade ao processo, a checagem de todo e qualquer upload por parte do padrinho, o que vai com certeza dinamizar o processo como um todo.

    E acredito que o problema da confiabilidade dos pacotes tende a não ser tão grande se levarmos em consideração que nos últimos tempos vem acontecendo o fenômeno da manutenção de pacotes em grupos utilizando recursos de trabalho em equipe disponibilizados pelo próprio projeto Debian, como o Alioth, por exemplo.

    Mesmo um DM fazendo o upload de um pacote, caso o pacote seja mantido em equipe, existem todos os componentes da equipe para revisar o trabalho do mesmo antes mesmo que o mesmo seja enviando para os repositórios.

    E, lógico, estamos falando somente de pacotes que teoricamente poderiam apresentar menos estabilidade somente quando enviados para unstable, visto que o esquema de migração de pacotes entre repositórios unstable -> testing ainda vai continuar o mesmo.

    Resumindo, acredito que valha a pena arriscar para dinamizar. Os problemas que por ventura possam aparecer certamente serão corrigidos com o tempo.

    Obrigado pelo comentário.

  6. Olá Patrícia,

    Troquei o tema porque, apesar de parecer bonito, tinha alguns problemas de alinhamento de posts e imagens e eu não estava (como ainda não estou) com muito tempo nem paciência para mergulhar a fundo no código para acertar isso.

    Sem contar que isso era mais algo relacionado a design do que realmente programação e, como você e a galáxia toda pode imaginar, eu não tenho nenhuma intimidade com design (e nem pretendo ter).

    Aliás, se eu tivesse facilidade com design, eu não usaria um tema pré-existente e sim criaria um novo do zero eu mesmo 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s