Etch a vista : prévia

Hoje fiz um teste de instalação do futuro Debian GNU/Linux 4.0, codinome Etch, que esperamos estar disponível ainda em Dezembro deste ano.

Usei a imagem ISO do primeiro CD da última weekly-build disponível (02/10/2006) em uma máquina virtual de testes que configurei somente para isso. Testei uma instalação deixando o particionador trabalhar sozinho criando um layout de particionamento usando LVM de forma automática e somente aceitei o layout proposto.

Durante a seleção de softwares (tasksel), selecionei somente as tarefas de Sistema Desktop (Desktop System) e Sistema Padrão (Standard System). Ápós o download a instalação dos pacotes, encontrei um problema menor que consegui corrigir e prosseguir com a instalação.

Ainda tenho que testar uma imagem diária para verificar se o erro já foi corrigido e relatar o erro caso não tenha, mas tenho fé que já esteja corrigido. De qualquer forma, fiquei surpreso com o que vi após finalizar a instalação.

A instalação agora é toda feita em um único estágio (ou seja, acabou o esquema antigo debian-installer-reboot-base-config), vários problemas menores que não eram o fim do mundo mas atrapalhavam foram corrigidos e, o melhor de tudo, o X.Org com um GNOME extremamente bem configurado por padrão já sobe sem configuração quase nenhuma.

Eu gostaria de parabenizar a equipe do debian-installer, mas também gostaria de parabenizar principalmente o pessoal do subprojeto Debian Desktop, e mais especificamente nosso amigo Gustavo Franco (stratus) que trabalhou duro para criar um tasksel que fornecesse um ambiente desktop completo e bastante funcional.

E, claro, sempre ele, Joey Hess, que foi sempre rápido ao incorporar os patches e sugestões de nosso amigo stratus. Infelizmente, não vamos ter um Etch com o GNOME 2.16, mas podem ter certeza que nosso GNOME 2.14 já está bastante completo e muito amigável.

O desktop já veio prontinho, com o GNOME completo, muito bem configurado, e com softwares para tudo o que um usuário comum desktop precisa : navegador Web, leitor de e-mail, player de vídeo, player de músicas, mensageiro instantâneo, software gravador de CDs, suíte de escritório completa e muito mais.

Para dar um toque ainda mais profissional e oferecer ainda mais facilidade ao usuário final, o update-manager completamente funcional já acoplado ao painel do GNOME por padrão, lhe avisando de atualizações disponíveis e lhe permitindo instalá-las, tudo de forma gráfica, sem a necessidade de recorrer a linha de comando para nada.

Obrigado ao pessoal do Ubuntu por criar o update-manager e ao kov por empacotá-lo para o Debian e deixá-lo funcionando tinindo para o Etch. Resumindo : de difícil o Debian não tinha nada e, agora, além de estar mais fácil de instalar ainda, está bem mais amigável.

Que venha o Etch 🙂

Anúncios

2 comentários sobre “Etch a vista : prévia

  1. Olá fike,

    Eu fiz a instalação usando o d-i comum, não o g-i. Na verdade, nem sabia que esse problema existia. O problema que encontrei foi outro, com o tzdata.

    Você poderia testar uma imagem diária do d-i/g-i e verificar se o problema que você comentou foi corrigido ? Caso não tenha sido, eu recomendaria você relatar o problema. De outra forma, ele não será corrigido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s